Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Sábado 02 de Julho de 2022

Menu

Geral

Cerveja boa sem burocracia

Mais antiga casa de cervejas artesanais de Sinop tem 8 torneiras e mais de 70 rótulos

Em Sinop | 10 de Dezembro de 2021 as 17h 15min
Fonte: Jamerson Miléski

Foto: GC Notícias

O plural comércio de Sinop guarda alguns lugares que são umas joias. Quem tiver faro vai acabar encontrando na cidade uma “portinha” que surpreende pelo serviço ou pelos produtos que oferece.

Uma dessas portinhas é a Cervejaria Dom José. O lugar está longe de ser o bar mais badalado da cidade – aliás, a proposta é justamente oposta. A Dom José existe com o proposito de ser um bom lugar para beber uma grande cerveja.

É o que explicam os donos da cervejaria, Celso Junior e Breno Faria. A dupla de administradores paranaenses que vivem em solo sinopense há mais de 20 anos comprou o negócio em julho de 2021. A Dom José foi a primeira casa especializada em cervejas artesanais da cidade. Como muitos comércios do gênero, sofreu com a pandemia. Apaixonados pelo mundo cervejeiro, Breno e Celso firmaram uma parceria para comprar o negócio.

A casa foi reaberta em setembro desse ano, depois de uma boa reforma. Em respeito à história do lugar, conservaram o nome antigo e reabriram a Dom José. “Era um nome bom demais para se perder”, comenta Breno, que antes de ser dono era cliente do lugar.

A reforma trouxe um novo ar para a cervejaria. Na parte interna, ambiente climatizado, luz na medida e um som ambiente com um rock clássico que não desagrada ninguém. Uma mesa grande de madeira faz a vez de balcão, garantindo que quem entre sozinho dificilmente beba desacompanhado. Do lado de fora, algumas mesas no ambiente aberto.

A “pegada” da Dom José é a ode à cerveja. A casa mantém sempre 8 cervejas na torneira. Os barris ficam refrigerados o tempo todo, na temperatura certa. No dia que estivemos na Dom José, as 8 torneiras ofereciam cervejas de 6 cervejarias diferentes, incluindo uma de São Paulo, uma do Rio de Janeiro e uma do Paraná – além de cervejarias de 3 diferentes cidades de Mato Grosso. “A gente sempre busca novidades para nosso público. Existem muitas cervejarias artesanais de qualidade e nosso trabalho é descobrir esses fabricantes e fazer com que seus produtos cheguem aqui em Sinop com qualidade”, explicou Breno.

As 8 torneiras com cerveja fresca, vertida do barril que dorme no refrigerador já vale a ida. No entanto, a casa trabalha com mais de 70 rótulos, mantendo uma oferta de aproximadamente 20 estilos diferentes de cerveja. Tem “breja” de tudo que é canto do país, além das gringas. Nesse caso, a Dom José faz o trabalho de curadoria, selecionando o que vale a pena se beber. “Nós vivemos a cena da cerveja artesanal. O que a gente traz para cervejaria é o que nós beberíamos”, afirma Celso.

A Dom José é um lugar para beber cerveja. Não tem cozinha quente, mas não chega a ser um problema. A casa fechou uma parceria com uma charcutaria artesanal da cidade, o que garante boas porções com embutidos. São 5 tipos de besliquetes para acompanhar.

O próximo passo da Dom José será seu rótulo próprio, o que deve acontecer em 2022. Breno e Celso buscam uma receita e uma cervejaria para levar o nome da casa.

A Dom José abre de segunda a sexta-feira, das 17h às 22h. No sábado já dá para tomar uma gelada de qualidade às 9h da manhã, até às 21h. A cervejaria fica na Rua Grevíleas 246, no centro de Sinop.