Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Segunda Feira 27 de Setembro de 2021

Geral

CDL entrega cortina à hospital e possibilita abraço em pacientes com Covid

CDL Sinop | 10 de Agosto de 2021 as 11h 58min
Fonte: Julio Tabile - Comunicação CDL

Foto: Assessoria CDL

Três pacientes que estão em tratamento de Covid-19, na ala de enfermaria no Hospital Regional em Sinop foram os primeiros a ter contato presencial com familiares e dar um carinho na “cortina do amor”.

O acessório foi doado pela Câmara dos Dirigentes Lojistas – CDL. A armação de ferro foi confeccionada por uma serralheira, que também doou o material e a entidade fez a aquisição da capa de plástico, que tem quatro mangas, possibilitando as pessoas de colocar os braços e encostar um ao outro, protegidos pela capa.

Miriam Ribeiro da Silva foi a primeira a abraçar o pai dela de 53 anos, internado há um mês.

“Isso acalma o coração, poder olhar pra ele e saber que está melhorando e acalma ele também sabendo que estamos preocupados com a saúde. É muito importante esta aproximação”, disse

De acordo com o diretor do HRS, Jean Carlos Alencar da Silva buscou-se criar alternativas para os pacientes, por mais que um decreto do estado suspende as visitas nas unidades hospitalares, devido a Pandemia, em Sinop a alternativa foi buscar a possibilidade do abraço, para tornar o tratamento mais humanizado.

“Diante de tanta agonia neste momento de tratamento, a distância dos familiares traz muita ansiedade aos pacientes. Todo dia as famílias recebem o boletim médico do Hospital e uma chamada de vídeo, porém agora poderão estar próximas, conversando e abraçando por alguns minutos”, explicou.

A gerente da CDL Vanusa Ires esteve presente na entrega das cortinas e reforçou o compromisso de ajudar a comunidade com este tipo de ação.

“Após o pedido do diretor Jean, prontamente a CDL providenciou o material e agora nos emociona ver os familiares ter este contato bem de pertinho. Que possa ser um alento para as pessoas que enfrentam este momento de sofrimento”, disse.

As visitas, conforme programação do Hospital serão à tarde, a partir das 14.

O boletim divulgado pela prefeitura na segunda-feira (09) mostra que estão internados no Hospital Regional 10 pessoas na UTI e 7 na enfermaria.