Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Sexta Feira 23 de Fevereiro de 2024

Menu

Piora no desempenho

Aprovação no mercado financeiro ao governo Lula cai para 9% em novembro, revela Quaest

Os dados são da pesquisa Genial/Quaest, divulgada nesta quarta-feira

Geral | 22 de Novembro de 2023 as 19h 04min
Fonte: Folha do Estado

Foto: Joseph Eid/AFP

A proporção do mercado financeiro que avalia positivamente o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) caiu 3 pontos percentuais entre setembro e novembro, de 12% para 9%, enquanto a avaliação negativa subiu 5 pontos percentuais, de 47% para 52% No mesmo período, a avaliação regular oscilou 2 pontos, de 41% para 39%. Os dados são da pesquisa Genial/Quaest, divulgada nesta quarta-feira, 22.

Os números refletem uma piora na avaliação sobre o desempenho do ministro da Fazenda, Fernando Haddad. Nesta leitura, os que consideram positivo o trabalho do ministro diminuíram de 46% para 43%. Já a avaliação negativa de Haddad aumentou de 23% para 24%. A regular avançou de 31% para 33%, no mesmo período.

Para 39 entrevistados, a força de Haddad está menor que há dois meses, após a tensão fiscal diante do aumento da pressão dentro do governo pela alteração da meta de déficit zero para 2024, que acabou sendo mantida na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Ainda segundo a pesquisa, 49% veem força igual e 12%, maior que dois meses atrás.

A pesquisa ouviu 100 profissionais de fundos de investimentos sediados em São Paulo e no Rio de Janeiro, entre os dias 16 e 21 de novembro.