Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Domingo 03 de Março de 2024

Menu

Cinco anos

Advogado de Sinop é condenado à prisão por estelionato e tráfico de influência

A decisão é do juiz da 4ª vara criminal de Sinop

Geral | 23 de Agosto de 2023 as 10h 58min
Fonte: Redação

Foto: Reprodução

O advogado Marcus Vinícius Borges, conhecido como advogado ostentação, foi condenado a cinco anos de prisão pelos crimes de tráfico de influência e estelionato. A decisão é do juiz da 4ª vara criminal de Sinop, Walter Tomaz Costa, nesta terça-feira (22.08).

A denúncia foi feita pelo Ministério Público. No processo são apresentados pelo menos três casos, entre 2017 e 2018, em que o advogado teria se aproximado de pessoas que eram detidas pela Polícia Militar por crimes de menor potencial ofensivo e faria com que elas acreditassem que os delitos seriam “graves” e que eles poderiam a ser levados à Penitenciária Ferrugem, em Sinop.

“Conquanto lamentáveis as situações e lastimáveis as consequências, não se pode ignorar o conteúdo probatório dos autos, seja aquele trazido pelo Ministério Público em anexo à inicial acusatória, seja aquele produzido em juízo pelo crivo do contraditório e ampla defesa, sendo, medida de rigor, a parcial procedência da presente ação penal pública em desfavor do advogado Marcus Vinícius Borges, ora acusado”.

Consta no processo que o advogado exigia dinheiro dos clientes justificando que devia pagar propina para policiais. Em 2021, o Sindicato dos Investigadores de Polícia do Estado de Mato Grosso chegou a fazer uma manifestação na frente da subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB Sinop) cobrando providencias.

No início deste mês a Ordem dos Advogados do Brasil – seccional Mato Grosso (OAB-MT) suspendeu a inscrição do advogado. O motivo foi a divulgação de conteúdo considerado ‘ostentação’ em suas redes sociais, uma prática proibida desde 2021 de acordo com o provimento 205/2021 da OAB, que trata da publicidade na advocacia.

Reconhecido como o ‘advogado ostentação’, Marcos ganhou destaque nacional por assumir casos polêmicos em Mato Grosso, incluindo o do jornalista Lucas Ferraz, condenado por violência psicológica e física contra sua namorada, Katrine Gomes. Além disso, ele está representando Edgar Ricardo de Oliveira, de 30 anos, envolvido na chacina que vitimou sete pessoas em um bar de Sinop, onde ocorriam apostas de sinuca.

Procurado, o jurista, por meio de posicionamento encaminhado por escrito, alega “estranhar” o vazamento do conteúdo da condenação e garante não haver nenhuma irregularidade.

“Me arrependo? Não. Se trata de dispostos casos de 2017 onde cobrei pelo meu serviço. Em um recebi um cheque sem fundo e no outro, embora tenha ficado com uma moto de garantia, de um elemento que já respondia aliciação de menor e tentativa de homicídio, recebi os valores após audiências cíveis. Se isso for crime, serei indiciado e condenado mais inúmeras vezes, ou terei que atuar gratuitamente?”, reage.