Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa tarde, Quinta Feira 23 de Setembro de 2021

Geral

Adestrador fala sobre importância de educar cães desde cedo

Cães de todas as raças e tamanhos, podem ser adestrados, inclusive os vira-lata

Comportamento canino | 14 de Abril de 2021 as 15h 13min
Fonte: Geovanna Klaus

Foto: Geovanna Klaus

Fazer as necessidades no local certo, não puxar a guia na hora do passeio, não pular nas pessoas. São essas atitudes que os tutores esperam de um animal de estimação. Porém muitas vezes dizer “não pode”, senta ou dá a patinha, não resulta em obediência. E nesse momento, a melhor opção é contratar um adestrador de cães.

No passado, acreditava-se que era ‘melhor’ esperar até os 6 meses de idade para iniciar as lições. Mas segundo o adestrador Jorge Araújo, quanto antes o filhote for treinado, mais fácil será o processo de aprendizagem. “A idade para começar a adestrar um cão é a partir dos 2 meses e a idade máxima é 5 anos”, explica Araújo.

Ainda segundo ele, cães de todas as raças e tamanhos, podem ser adestrados, inclusive os SRD, que são os famosos vira-lata.

Jorge trabalha com adestramento há 30 anos e para ele a maior motivação que leva os tutores a procurar um profissional, é quase sempre a falta de conhecimento do comportamento canino. “É necessário sempre adestrar um cão, principalmente quando o proprietário trabalha fora ou quando o animal tem temperamento forte”, relatou.

O tempo que leva para o animal aprender é de acordo com quais atividades ele irá desempenhar. “Existe diversos comportamentos que devem ser ensinados ao animal, por exemplo, fazer necessidades em local correto, não comer utensílios domésticos, guiar deficientes visuais, acompanhar crianças autistas, ser cães de guarda e proteção. Cada tipo de treinamento leva um tempo. Então se o animal precisa aprender várias ‘regras’, consequentemente ele precisará de mais tempo de adestramento”, disse Jorge.

Os donos dos animais acompanham as aulas quando solicitado pelo profissional, na maioria das vezes é preciso que eles estejam presentes para aprender a exercer autoridade e domínio do animal, sem a necessidade de agressão. O preço cobrado pelo trabalho é de acordo com o que cada animal necessita.

Jorge adestra cães em Sinop e também nas cidades vizinhas. O indicado é que as aulas sejam realizadas na residência onde o cão vive, para que seja mais fácil sua adaptação e também para melhorar a comunicação e convivência entre tutores e cães.

Um dos tipos de adestramentos que Araújo realiza é o anti-envenenamento, no qual o animal aprenderá a não aceitar alimentos de estranhos e não comer alimentos encontrados na rua. Além de adestrar, Jorge também faz preparação física de animais.

Para dúvidas e orçamentos, Jorge atende pelo número 66 99723-1436.