Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Quarta Feira 17 de Julho de 2024

Menu

Concurso de redação

Em 2024, programa Jovem Senador teve 6 vezes mais inscritos

Programa teve adesão de 279 professores de 237 escolas distribuídas nas 14 Diretorias Regionais de Educação. Foram produzidas 6.613 redações e o autor do melhor texto terá uma vivência legislativa em agosto, em Brasília

Educação | 06 de Maio de 2024 as 17h 54min
Fonte: Rui Matos - Seduc-MT

Foto: Assessoria - Seduc-MT

O programa Jovem Senador 2024, desenvolvido em parceria entre a Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso (Seduc) e o Senado Federal, despertou o interesse em 6.613 estudantes que se inscreveram e fizeram as redações para concorrer a uma vaga para representar o Estado. O número é seis vezes maior que no ano passado, quando 1.083 estudantes participaram.

Ao todo, segundo a Seduc, 24.570 estudantes da rede estadual de ensino foram impactados com essa iniciativa neste ano.

Com o tema ‘Os 200 Anos do Senado e os desafios para o futuro da democracia’, a ação envolveu 819 turmas de Ensino Médio e conta com adesão de 279 professores de 237 escolas distribuídas nas 14 Diretorias Regionais de Educação (DREs).

O processo de inscrição começou no dia 1º de fevereiro nas próprias escolas e agora vai para a etapa de seleção estadual. Os autores das melhores redações, um de cada unidade da federação, ganham uma viagem a Brasília, para participar da Semana de Vivência Legislativa, de 5 a 9 de agosto, simulando o papel de senadores e debatendo questões nacionais.

Na avaliação do secretário de Estado de Educação, Alan Porto, de 2023 para 2024 a participação dos estudantes e de escolas teve um aumento significativo. “No ano passado foram 103 escolas com 1.083 estudantes produzindo redações. Um crescimento considerável que reflete, a cada edição do programa, o bom desempenho do ensino e da aprendizagem em língua portuguesa nas escolas da rede estadual”.

Segundo Alan, o programa do Senado que em Mato Grosso tem a parceria da Seduc tem se mostrado um caminho para estimular a participação dos jovens na política. Em 2023, por exemplo, vários projetos que tiveram origem em sugestões dos jovens senadores foram aprovados pelo Senado. Entre eles está o que estabelece diretrizes para a educação básica em tempo integral.

Essas aprovações demonstram o impacto direto que os jovens podem ter sobre a legislação nacional, incentivando novos participantes a contribuir com suas visões para o futuro do país. Ao se inscreverem, os estudantes não só têm a chance de vivenciar o processo legislativo, mas também de influenciar ativamente as políticas nacionais.

Os vencedores e seus professores orientadores terão todas as despesas pagas para participar das simulações em Brasília.

A divulgação dos vencedores será feita até 21 de junho pela própria escola do estudante selecionado, em um evento-surpresa, estimulado pelo Senado em conjunto com a comunidade escolar.

No âmbito da Seduc, as ações relacionadas ao programa Jovem Senador são conduzidas pela Coordenação de Ensino Médio, que é ligada a Superintendência de Educação Básica (SUEB), da Secretaria-Adjunta de Gestão Educacional (SAGE).

 

Próximas etapas

Até 24/05/2024: Seleção da etapa estadual;

Até 05/06/2024: Seleção da etapa Senado Federal;

Até 21/06/2024: Anúncio dos vencedores de cada estado;

De 05 a 09/08/2024: Semana de Vivência Legislativa.

Clique AQUI e saiba mais sobre o evento.