Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa noite, Quarta Feira 24 de Julho de 2024

Menu

Assistência Social

Com parceria da Prefeitura, Projeto Luz do Amanhã chega a 7ª turma com 90 alunos

Educação | 08 de Abril de 2024 as 16h 45min
Fonte: Karoline Kuhn - Assecom

Foto: Assecom

Cerca de 90 adolescentes, entre 12 a 17 anos, fazem parte da nova turma do projeto Luz do Amanhã, desenvolvido pela Polícia Militar com a Associação Comunitária de Orientação e Aprendizagem Adolescente de Sinop e parceria da Prefeitura de Sinop, cuja aula inaugural foi realizada na última sexta-feira (05), reunindo pais, alunos e representantes do Executivo, Legislativo e membros da sociedade.

“Esse é um projeto muito importante, que preconiza as crianças dos bairros e disponibiliza, por meio das diferentes atividades e da disciplina, mais condições de se preparem para a vida adulta. Essas crianças vão ter um futuro maravilhoso por conta dessa disciplina que a Polícia Militar trabalha. Então, nós, do Poder Executivo, temos que ajudar, sempre fazer o melhor para que esses jovens tenham a expertise necessária. Cada turma que sai, sai preparada para o trabalho, preparada para o futuro, com uma educação que a gente fica admirado”, destacou o prefeito Roberto Dorner.

A Prefeitura segue com apoio, por meio da SEDEC, com a horta da agricultura familiar e, também, da Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação. “Sempre apoiamos projetos que transformam a vida de pessoas. Nesse caso, o Luz do Amanhã é um projeto consolidado, que vem com esse viés de transformação social e mudança da realidade desses meninos, com a prevenção às drogas e de prevenção a todos os tipos de situações que possam ser submetidos se estiverem fora do projeto. Ele vem com esse olhar de fortalecer a parte educacional, pois os alunos precisam ter bom desempenho na escola e, também, o ensino da disciplina. A Secretaria de Assistência Social faz o incentivo financeiro para que o projeto permaneça”, detalhou a primeira-dama e secretária da pasta, Scheila Pedroso.

De acordo com o coordenador do projeto, o tenente-coronel PM, Joubert Sacramento, as atividades da sétima turma começaram há cerca de 20 dias. “Eles passaram por um período de adaptação de 20 dias, que é um período onde ele sai do mundo civil, aprende a responsabilidade, a disciplina, a hierarquia, o compromisso. E, esse período de 20 dias finda com a aula inaugural. A expectativa é muito boa. Nós estamos com uma equipe excelente, os instrutores vão cumprir com o pré-determinado, com o planejado e os alunos estão retribuindo. Foram 130 inscrições, hoje nós temos 90 alunos participando da aula inaugural”, detalhou.

O projeto foi implantado em 2016, atendendo alunos da rede pública, no contraturno da atividade escolar, atividades lúdicas, com música, com atividades desportivas, com as atividades militares, e um preparando-os para a vida adulta. “É um projeto de prevenção primária e, acima de tudo, a gente preza por disciplina, por ordem, por respeito acima de tudo, respeito ao amor à pátria, amor à família, amor à sociedade, isso instruindo os alunos para que eles cresçam como adolescentes e, também, se tornem adultos melhores”, destacou a coordenadora administrativa da Associação Comunitária de Orientação e Aprendizagem ao Adolescente de Sinop (ACOAS), Sinéia Abreu.