Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Bom dia, Sábado 20 de Julho de 2024

Menu

Comparação 2022 e 2023

Despesa com salários do Governo de MT tem aumento de quase o dobro em relação à receita

Governo chegou ao índice de 43,23% com gastos com folha de pagamento, conforme a LRF Estadual

Economia | 17 de Abril de 2024 as 12h 33min
Fonte: Redação

Foto: Divulgação

A despesa com folha de pagamento do Governo de Mato Grosso aumentou 9% entre os anos de 2022 e 2023. O índice é quase o dobro do crescimento da receita corrente líquida, que ficou em 5,3% no mesmo período.

Com o aumento da folha, o governo fechou o ano de 2023 com índice de despesa de pessoal em 43,23%, conforme a Lei de Responsabilidade Fiscal Estadual, cujo limite é de 49%.

A receita total do Executivo Estadual, em 2023, foi de R$ 30,8 bilhões e as despesas com pagamento da folha ficaram em R$ 11,5 bilhões.

Já em 2022, a receita corrente líquida do governo foi de R$ 29,2 bilhões, enquanto a despesa total com pessoal foi de R$ 10,6 bilhões. A LRF naquele ano era de 38,4%.

“Pela primeira vez desde 2019 a despesa com folha de pagamento do Estado cresceu mais do que a receita. Isso acende um sinal de alerta na análise de novas despesas de pessoal. Devemos acompanhar o comportamento da receita, que está pressionada pela queda dos preços das commodities e pela quebra de safra. A diretriz é equilibrar a gestão da folha com a capacidade de investimento do estado”, afirmou o secretário de Estado de Fazenda, Rogério Gallo.