Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Boa tarde, Terça Feira 28 de Setembro de 2021

Economia

Ação da CDL vai mostrar que consumidor trabalha cinco meses ao ano só para pagar os impostos

Economia | 14 de Maio de 2021 as 14h 58min
Fonte: Julio Tabile - Assessoria CDL

Assessoria CDL

Levantamento feito para Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas - CNDL, aponta que o brasileiro trabalha em média 153 dias (5 meses) por ano só para pagar impostos, ou seja, de 1 de janeiro a 30 de maio.

O DLI é realizado em maio, justamente para simbolizar os meses de trabalho para pagar os impostos.

O Dia Livre de Impostos (DLI) visa conscientizar a população da pesada carga tributária que é paga no país.

Apenas nos setores de maquiagem e eletrônicos as cargas tributárias são de 58% e 43%, respectivamente.

A data de conscientização, dia 27 de maio, é um protesto é realizada há 14 anos, em todo país, especificamente em centenas de cidades, dezenas de estados e com a participação de milhares lojas.

Organizadas pela Confederação das Câmaras de Dirigentes Lojistas os participantes comercializam alguns de seus produtos com descontos correspondentes as taxas de tributação.

Em Sinop, a CDL organizará a ação e está cadastrando as empresas interessadas em participar. A entidade também dá o suporte para a inscrição no site da DLI. O economista, professor Feliciano Azuaga, participará com palestras direcionadas, mostrando como são pagos os impostos, o constante aumento dos tributos, com as mudanças das Leis constantemente e para onde vai o dinheiro.

“Sinop mais uma vez fará esta mobilização nacional aqui na cidade. Fizemos em 2019 e foi um sucesso com adesão dos lojistas e procura do consumidor por produtos. No ano passado não foi realizado devido a pandemia, e agora retorna com força. Aguardamos o contato das empresas, para engrandecer ainda mais o DLI”, explicou Vanusa Ires, gerente da CDL.