Bom dia, Domingo 25 de Outubro de 2020

Política

Riva propõe a criação de 3 secretarias em Juara

Candidato a prefeito quer fortalecer Meio Ambiente, Agricultura e Cultura

Eleições 2020 | 30 de Setembro de 2020 as 18h 25min
Fonte: Redação

Foto: Divulgação

A reformulação da estrutura administrativa da prefeitura de Juara faz parte da base do plano de governo do candidato a prefeito Priminho Riva (PL). O documento, que pode ser acessado na íntegra no site do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), reúne as propostas de Riva, que já foi prefeito de Juara por duas vezes.

Nessa reestruturação administrativa, o candidato prevê a criação de 3 novas secretarias: Meio Ambiente, Agricultura e Cultura. Segundo Riva, as novas pastas serão ferramentas para fortalecer esses setores no município.

O plano de governo lista diversas propostas para área da Cultura, Meio Ambiente e Agricultura. As secretarias próprias garantiriam a estrutura (recursos e servidores), para implementar essas ações.

Atualmente o município conta com uma Secretaria de Agronegócio e Meio Ambiente. Essa pasta seria desmembrada em duas. A parte do Agronegócio continuaria recebendo atenção – pela importância na geração de emprego e renda. Mas a ênfase seria para a agricultura familiar. “Precisamos alinhar Juara aos programas da Secretaria Estadual de Agricultura Familiar e a Empaer, para assim levar recursos e capacitação para os pequenos produtores do município. Organizar as cadeias produtivas, fomentar atividades que são lucrativas e promover a constituição de cooperativas são algumas das propostas que nosso governo quer implementar em Juara”, declarou o candidato.

A Secretaria de Agricultura ajudaria produtores a acessar linhas de crédito específicas, como o Pronaf. Riva também vislumbra a criação de uma grande cooperativa agrícola, que reúna associações já existentes para criar uma instituição de financiamento, como um “Banco do Povo Rural”.

Para Riva, a pasta também terá a função primordial de fomentar novas atividades que são boas fontes de renda. O candidato citou como exemplo a criação de peixes, apicultura, a produção de café, castanha-do-pará e uma gama de frutas adaptadas ao clima local. “A secretaria vai ajudar esses pequenos produtores a organizarem suas documentações e assim poder vender parte da sua produção para merenda das escolas. Ganham as crianças, com produtos fresco e de qualidade, o produtor que terá venda garantida e a economia local, já que o dinheiro vai circular dentro de Juara”, explica Riva.

O plano também prevê um programa para melhorar a genética do gado leiteiro (uma atividade em franco crescimento), além de um projeto para desenvolver hortas comunitárias em terrenos baldios da cidade. “Também precisamos levar capacitação para as aldeias indígenas, que podem e querem produzir. Organizando essa cadeia produtiva, Juara passa a ter condições para atrair agroindústrias, que é outro setor que vamos incentivar”, destacou.

Na lista de agroindústrias em sua mira, Riva citou um abatedouro, uma beneficiadora de café e castanha, além de uma destilaria de álcool para consumo local.

Meio ambiente

Para Riva, a conservação ambiental é uma das grandes demandas do mundo e Juara precisa se preparar para a nova realidade. “Produzir de forma sustentável, respeitando o meio ambiente, é a garantia de que sempre teremos para quem vender”, refletiu o candidato.

A secretaria de Meio Ambiente seria o começo da inserção do município na movimentação pela preservação ambiental. A pasta começaria com medidas de contenção, criando e operacionalizando uma brigada de combate a incêndios. Programas para coleta seletiva de lixo e reciclagem, também estão descritos no plano de governo. Outro foco da pasta seria mapear todas as nascentes do município, dando início a um programa para recuperação e preservação desses locais.

Através da secretaria, e dos recursos do Fundo de Meio Ambiente, Riva pretende criar o Parque Ambiental Municipal. Esse espaço público seria destinado à prática de atividades físicas e de lazer ao ar livre, com trilhas ecológicas que cumprirão a função de educação ambiental. “Será um local em que os alunos do município serão levados para aprender sobre preservação e meio ambiente”, destacou.

 

Cultura

Riva acredita que o progresso que não esteja aliado à qualidade de vida do cidadão não significa desenvolvimento. Para crescer com “humanidade”, um dos pontos que sua gestão pretende fortalecer é a Cultura.

A secretaria destinada especificamente para esse setor terá como primeira ação inserir Juara no Plano Nacional de Cultura – colocando o município no mapa de projetos culturais do governo federal. O projeto de Riva é criar um Fundo Municipal de Cultura e ativar o conselho municipal de Cultura. “Dessa forma Juara poderá receber recursos federais, estaduais e mesmo de empresas privadas, para desenvolver suas ações culturais”, destacou.

Riva acredita que a secretaria deve ter como papel realizar eventos que proporcionem lazer e conhecimento para população, ao mesmo tempo que promovam artistas locais. O plano de governo cita a necessidade, por exemplo, de aproximar a cultura indígena da cidade, promovendo amostras de artesanato, apresentações com danças e com folclore indígena.

Entre as prioridades para futura secretaria de Cultura, Riva almeja Revitalizar o Centro Cultural do município e apoiar o Museu do Vale do Arinos para ampliar seu espaço, acervo e divulgação. “Nossa história precisa ser preservada para as gerações futuras, sendo um guia para os novos tempos”, comentou o candidato. “O plano de governo deixa claro a nossa proposta para Juara: respeito ao nosso cidadão, à natureza e à continuidade produtiva”, completou Riva.