Bom dia, Quarta Feira 20 de Novembro de 2019

Política

Juarez anuncia destinação de R$ 4 milhões para nova UPA

Parte do valor é para uma passagem ligando o Boa Esperança ao Jardim Itália e Aquarela

Emendas parlamentares | 11 de Julho de 2019 as 16h 27min
Fonte: Jamerson Miléski

Foto: Assessoria

O deputado federal e ex-prefeito de Sinop, Juarez Costa (MDB), anunciou hoje, quinta-feira (11), a destinação de R$ 4 milhões em emendas parlamentares para o município de Sinop. O compromisso foi firmado na presença do vice-prefeito de Sinop, Gilson de Oliveira (MDB), do presidente da Câmara, Remídio Kuntz (PR) e dos vereadores Tony Lenon e Lindomar Guida, do MDB, que cumpriam agenda em Brasília.

Segundo Juarez, a maior parte desse recurso - cerca de R$ 3,5 milhões - deve ser investida na construção de uma nova UPA (Unidade de Pronto Atendimento). A emenda pretende concretizar uma antiga reivindicação da população local, que é implantação de uma estrutura para atendimento de urgência e emergência na região do Grande São Cristóvão. “É uma demanda antiga dessa região que é muito populosa e que acabou ficando distante da UPA, construída no outro ponto da cidade”, comentou Juarez.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Gerson Danzer, a prefeitura tem um projeto pronto, pré-aprovado pela Vigilância Sanitária, para construção de uma nova UPA na região do São Cristóvão. A estratégia da secretaria, explica Danzer, é converter o “Postão” do Menino Jesus – que funciona em um prédio alugado – em uma UPA, de preferência com atendimento 24h. “A estrutura que projetamos é no mesmo padrão e dimensão da UPA 24h, estabelecida na Avenida André Maggi. Pelas normas do Ministério da Saúde, Sinop ainda não tem população suficiente para credenciar uma nova UPA, mas nada impede o município de construir e operar uma nova estrutura. O que nos faltava era o recurso”, informou Danzer.

As normas do Ministério da Saúde estipulam 3 diferentes níveis de UPA 24, conforme o número de habitantes. Entre 50 mil e 100 mil habitantes, a UPA nível 1. Até 200 mil habitantes, Porte 2 e acima disso, até 300 mil habitantes, Porte 3. Para ter mais uma Unidade credenciada, Sinop teria que ultrapassar a marca de 250 mil habitantes – o que está longe de acontecer.

Conforme o secretário de Saúde, com o recurso destinado por Juarez, o município vai construir a estrutura idêntica a uma UPA na região do São Cristóvão. Sinop não vai conseguir credenciar essa unidade no Ministério da Saúde. Isso significa que o município terá que “tocar” essa unidade com seus próprios recursos. “A estrutura terá capacidade de atender o mesmo volume que a UPA atual. A capacidade de atendimento real, no entanto, vai depender da demanda e da disponibilidade financeira da prefeitura”, comentou.

A UPA 24h, lá da Av. André Maggi, consome por mês cerca de R$ 1,3 milhão. Por ser credenciada, o Governo Federal repassa R$ 227 mil por mês e o Estado R$ 113 mil. No fim, a prefeitura desembolsa R$ 960 mil por mês. A nova unidade, a ser construída no Grande São Cristóvão, terá que atuar sem esses repasses.

 

Conectando o Boa Esperança

O restante dos recursos que Juarez se comprometeu a destinar para Sinop via emenda parlamentar será destinado para construção de uma passagem no Jardim Boa Esperança – até então um dos mais carentes do município. Essa obra deve conectar o bairro a uma região em plena expansão urbana, formada pelo Jardim Itália, Florença, Aquarela das Artes e Paris. A ideia, lembra o vereador e presidente desse bairro, Lindomar Guida, é facilitar o acesso da população do Boa Esperança às 3 faculdades que ficam na região.

Na prática, o recurso de Juarez vai custear a construção de um “pontilhão”, similar ao implantado na Avenida das Figueiras. A obra será no final da Rua Paulo Pan, passando por uma área de reserva, sobre o córrego Marlene, até o final do Jardim Itália. Dessa forma, a população da região do Boa Esperança, incluindo Jardim Violetas, Oliveiras e outros 12 bairros, que estuda na Fasipe, Unic Aeroporto ou mesmo na Unemat (futura sede), não precisará dar a volta para chegar às instituições.

Tanto para a emenda da UPA quanto da passagem na Rua Paulo Pan, Juarez estima um prazo de 15 a 20 dias para que os recursos sejam processados. A partir disso o município pode lançar a licitação e contratar a execução das obras.

COMENTARIOS