Boa noite, Terça Feira 17 de Setembro de 2019

Política

Governador prefere não comentar fim da greve da Educação

Na semana passada, o governador fez o que chamou de última proposta à categoria

Greve dos professores | 11 de Agosto de 2019 as 10h 53min
Fonte: Mídia News

O governador Mauro Mendes preferiu, até o momento, não tecer comentários sobre o fim da greve da Educação, que ocorreu nesta sexta-feira (9). Segundo a assessoria do Paiaguás, “tudo o que ele tinha para dizer sobre a greve já foi dito”.

 Ao todo, foram 75 dias de paralisação e, diante do corte de ponto e declaração de greve ilegal, a categoria começou a sentir os efeitos do desgaste, que culminou em servidores e escolas anunciando o retorno às atividades antes mesmo da deliberação em Assembleia Geral.

 Na semana passada, o governador fez o que chamou de última proposta à categoria.

 As condições para a concessão da Revisão Geral Anual e pagamento da Lei da Dobra do Poder de Compra (Lei 510/2013) foram muito criticadas, mas, no final, os servidores decidiram ceder.

COMENTARIOS