Bom dia, Domingo 25 de Outubro de 2020

Política

Delegado acusa candidato a prefeito de fazer acordo com traficantes

Juiz determinou a retirada do vídeo por propaganda irregular e delegado vai responder por calúnia

Eleições 2020 | 14 de Outubro de 2020 as 10h 21min
Fonte: Jamerson Miléski

Foto: Arquivo Facebook

O juiz eleitoral de Sinop, Mario Machado, determinou, na noite de ontem, terça-feira (13), a retirada de um vídeo das redes sociais postado pelo delegado e candidato a prefeito de Sinop, Sérgio Ribeiro Araújo (PSL). A decisão liminar prevê uma multa de R$ 30 mil caso o delegado volte a postar aquele conteúdo.

Na decisão o magistrado considera o material postado nas redes sociais como propaganda eleitoral irregular – uma vez que houve ofensa explicita e imputação de crimes à outro candidato. O pedido de liminar foi apresentado pela advogada Gabriela Sevignani, que representa a candidatura do empresário Roberto Dorner (PRB), que tem como vice, Dalton Martini (Patriota).

O vídeo foi postado pelo delegado às 13h de ontem, no Facebook e, na manhã de hoje, não estava mais no ar. No vídeo de 35 minutos, Sérgio, em pelo menos 7 situações, acusou um candidato a prefeito de Sinop de fazer acordo com traficantes locais, dando dinheiro para os criminosos promoverem festas no Vila Mariana, Vila Juliana e Vila Lobos. Esses bairros formam um grande complexo habitacional, de casas populares construídas através de programas sociais – possuindo um grande adensamento eleitoral. As festas serviriam para promover a candidatura dos “mais ricos” e impedir a campanha do delegado.

Em nenhum momento do vídeo Sérgio dá nome aos candidatos alvos da denúncia. Ele se refere ao candidato como o “que tem mais dinheiro”, “o candidato mais rico” ou “milionário”. Ao longo da transmissão, usuários do Facebook começaram a questionar e ele respondeu, aos 32 minutos: “Não gente vocês sabem quem são, é o candidato mais rico da eleição. Vocês sabem quem são”.

Para defesa de Roberto Dorner, o ataque foi direcionado a chapa formada por dois empresários de Sinop. A inicial cita as declarações de bens, apresentadas aos candidatos para Justiça Eleitoral e tornada públicas no site do TSE. Dorner e Dalton são os candidatos a prefeito de Sinop mais “ricos”.

No momento em que a defesa apresentou o pedido de liminar – para tirar do ar o conteúdo – o vídeo tinha 2,1mil visualizações, 94 comentários e 93 compartilhamentos. “O surpreendente é que o representado [Sérgio] é delegado de polícia e deveria saber que qualquer denúncia deve ser feita da maneira correta e seguir os tramites legais. Além disso, o mesmo é candidato e não pode imputar crime a outro candidato e ficar impune”, relatam os advogados na inicial.

O juiz concedeu a liminar e notificou o delegado para que apresente sua defesa. O delegado também será processado criminalmente pela acusações que fez.