Bom dia, Quarta Feira 25 de Novembro de 2020

Política

Projeto que prepara a abertura de novas ruas e avenidas é retirado de pauta

Resistência de alguns vereadores à matéria fez o líder retirar o projeto da votação

Sinop | 18 de Maio de 2020 as 18h 29min
Fonte: Jamerson Miléski

Foto: GC Notícias

A ampliação da malha viária urbana de Sinop tomou um “gancho” na sessão da Câmara de vereadores dessa segunda-feira (18). Temendo uma reprovação, o líder da prefeita, vereador Mauro Garcia (MDB), retirou o projeto 020/2020 da pauta de votações.

Segundo Garcia, alguns vereadores demonstraram dúvidas com relação ao projeto. Para que o assunto possa ser melhor debatido, o líder optou por retardar o processo de votação, afim de conseguir a adesão dos seus pares.

Com a votação do projeto adiada, também fica protelado a ampliação dessa malha viária pretendida pelo executivo municipal. O projeto de lei trata da doação, pura e simples, de áreas que pertencem à terceiros, para prefeitura. No total, o município receberia 62,8 mil metros quadrados em imóveis que deveriam ser utilizados para a abertura da Avenida Oscar Niemayer, a Rua Alfredo Lenz e a Rua das Esmeraldas.

Nessa nova malha urbana, o projeto mais robusto é da Avenida Oscar Niemayer. A prefeitura já possui uma licitação em curso para pavimentação e tem firmado parcerias com a iniciativa privada afim de aliviar o custo da obra para os cofres públicos. A pretensão é, com a abertura da avenida, conectar a estrada Alzira à Avenida Bruno Martini, na altura do entroncamento com a estrada Nanci. Serão 2,2 mil metros de extensão. A via, além de conectar os espaços urbanos da cidade terá a função de “anel viário”, sendo uma rota com menos tráfego para caminhões carregados de madeira e grãos que chegam a cidade pela MT-222 ou pela estrada Nanci.

Já a Rua Alfredo Lenz fará a interligação da Avenida Bruno Martini ao Ribeirão Neuza, com 1,3 mil metros quadrados de extensão.

A última via que seria viabilizada pelo projeto de lei retirado de pauta é a Rua das Esmeraldas, no Jardim do Ouro. O plano do executivo é fazer a conexão do bairro com a Rua Colonizador Ênio Pepino e a Rua Jade. São mais de 2,5 mil metros de extensão nessa nova via.

Para que a prefeitura receba esses imóveis que serão transformados na avenida e em duas novas ruas, é preciso a aprovação da Câmara.