Boa tarde, Segunda Feira 20 de Novembro de 2017
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

“Corró” da delegacia será reformado com recursos da prefeitura

GC Notícias | 06/05/2016 17:55

Espaço para prisões temporárias é conhecido pelas péssimas condições de higiene

O espaço da Delegacia de Polícia Civil de Sinop, onde ficam as pessoas temporariamente apreendidas, será reformado com recursos da prefeitura. Durante uma reunião com advogados, na tarde dessa sexta-feira (6), o prefeito Juarez Costa (PMDB), se sensibilizou com a situação precária encarada diariamente pelos profissionais do Direito e sinalizou o repasse de recursos para a adequação do local.

A prefeitura irá repassar R$ 50 mil para a reforma. O espaço conhecido popularmente como “corró” se resume a duas celas pequenas onde são amontoadas as pessoas detidas pela polícia. De um criminoso preso pela PM que aguarda o encaminhamento para o Presídio Ferrugem a um motorista que foi apreendido em uma blitz de trânsito, todos acabam passando pelo corró.

E essa é uma das experiências mais repugnantes que alguém pode ter em Sinop. É o que afirma o vereador e advogado, Fernando Brandão (PR). Foi ele e o advogado Carlos Melgar quem levantaram recentemente o problema, dando visibilidade às condições precárias enfrentadas não só pelos presos, mas também pelos profissionais da advocacia. Melgar recolheu assinaturas junto aos advogados que vivem a realidade da Delegacia de Sinop, conseguindo também a adesão de delegados e demais profissionais da segurança pública para o pleito. “O cheiro do local é desumano. Não existe a menor condição dos profissionais atuarem na defesa de seus clientes. Pior ainda para quem acaba passando um ou dois dias nesse local”, revelou Brandão.

O local não possui banheiro. É apenas um cubículo onde as pessoas detidas são despejadas. Esse é o espaço que o advogado tem para ouvir o seu cliente. Brandão, que expôs o problema a pedido de outros advogados, apresentou uma indicação para que a prefeitura intercedesse para resolver o problema, que por competência cabe ao Governo do Estado. Acabou sendo atendido.

Com o recurso será construído um banheiro e um espaço onde seja possível o advogado conversar com o seu cliente. As celas também passarão por melhorias.

Fonte: Jamerson Miléski