Bom dia, Domingo 25 de Outubro de 2020

Educação

Sintep realiza pesquisa sobre impactos da pandemia na educação

A pesquisa será realizada durante 20 dias

Questionário | 08 de Outubro de 2020 as 09h 18min
Fonte: Redação com assessoria

O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep) está realizando uma pesquisa de opinião sobre as atividades educacionais (aulas remotas e material impresso) apresentadas pelos governos estadual e municipais, como alternativas para a retomada do ano letivo no período de pandemia. Quatro questionários dirigidos a professores, funcionários de escola, estudantes, pais e responsáveis, das escolas públicas estão disponibilizados no site do sindicato. A pesquisa será realizada durante 20 dias.

Os questionários serão distribuídos para o email dos filiados, bem como disponibilizado para a toda a comunidade escolar através de WhatsApp, além de acessível no facebook do Sintep/MT (Sintep de Luta). O objetivo é reunir o maior número de avaliações para que se tenham elementos norteadores sobre o ensino/aprendizagem dessas atividades suplementares às aulas presenciais, que deram prosseguimento ao ano letivo em 2020.  

Desde o mês de agosto, o governo do estado decidiu por aulas remotas/virtuais e continua a entrega de material impresso, para validar como dias letivos e carga horária, assim como adotar as atividades letivas, depois que a pandemia inviabilizou as aulas presenciais. “As políticas governamentais foram construídas sem a participação do coletivo da escola, e vem gerando reclamações de todos os envolvidos; professores, pais, estudantes e funcionários, nesses quase três meses de implantação”, afirma o presidente do Sintep/MT, Valdeir Pereira.

Conforme o presidente do Sintep/MT, os motivos são variados; sobrecarga de trabalho, exclusão de estudantes, dificuldade de acesso a tecnologias, plataforma inadequada, e agravado pela falta de docentes em razão do período eleitoral, que a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) usa para não contratar docentes.

A consulta busca ainda, saber da comunidade escolar, qual a opinião sobre uma possível retomada das aulas presenciais. O questionamento chega depois que o governo do estado divulgou uma nota técnica conjunta (nº 002/2020) com parecer da Seduc/MT e Secretaria de Estado de Saúde, estabelecendo um protocolo a ser seguido para retomada das aulas presenciais. 

O documento é visto com preocupação pelo Sintep/MT, pois “mesmo com uma possível queda do quadro de transmissão, estabelecido pela Saúde, as escolas não estão preparadas para cumprir as próprias determinações do protocolo e qualquer retorno nesse cenário é preocupante, porque trata-se de vida, e todas são importantes”, acredita Valdeir Pereira.