Boa tarde, Segunda Feira 18 de Novembro de 2019

Educação

Após reinauguração Biblioteca Nilza de Oliveira Pipino é reconhecida nacionalmente

Conselho Regional de biblioteconomia da 1ª Região CRB 1 faz reconhecimento da Biblioteca Municipal de Vera

Educação | 05 de Agosto de 2019 as 11h 04min
Fonte: Dieny Vieira

Foto: Assessoria

A Biblioteca Municipal Nilza de Oliveira Pipino de Vera, passou por uma revitalização e foi reinaugurada na manhã do último sábado (27). O local além de ter sido totalmente reformado ainda foi informatizado. Nesta semana o chefe do Departamento de Cultura Rodrigo Gomes, recebeu uma grata surpresa o reconhecimento nacional da Biblioteca pelo Conselho Regional de biblioteconomia da 1ª Região CRB 1. O CRB 1 foi criado em 1966 através da Resolução nº 4 de 12 de julho, reformulada pela Resolução nº 151 do Conselho Federal de Biblioteconomia – CFB. Com sede no Distrito Federal e jurisdição nos estados de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, possui personalidade jurídica de direito público, autonomia financeira, administrativa e patrimonial. Tem por finalidade orientar, aperfeiçoar, disciplinar e fiscalizar o exercício da profissão de bibliotecário.

A coordenadora do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de Mato Grosso Waldineia Almeida, parabenizou a gestão de Vera pela revitalização da Biblioteca e por ter dado uma atenção especial a este espaço. “Quero parabenizar a gestão de Vera por ter revitalizado a Biblioteca, por ter dado uma prioridade a este espaço, a este equipamento tão importante. Muitos municípios dentro do estado tem apenas a Biblioteca como equipamento cultural, porque não tem um teatro, não tem um cinema, não têm outro tipo de atrativo cultural e, a biblioteca pode ser tudo isso em um único espaço. Ela não é só um lugar de livros. A reinauguração deste espaço com essa repaginada, com um ambiente atraente, dinâmico, aconchegante vai fazer com que a comunidade de Vera entenda, que este espaço é importante e precisa de atenção. E que ele é capaz de transformar vidas”, destacou Waldineia.

Para chefe do Departamento de Cultura Rodrigo Gomes, a revitalização da biblioteca foi um trabalho extremamente gratificante e ter o reconhecimento estadual e nacional do espaço só reforça a importância de todo este trabalho. “Ficamos muito contentes com a repercussão que a Biblioteca Municipal vem recebendo, após a sua reinauguração, pois nós enquanto Departamento de Cultura e Administração Municipal, queremos propagar cada vez mais a realização de eventos que sejam voltados para a área da literatura, poesia. Queremos fazer com que a nossa biblioteca não seja apenas um ponto de leitura, mas sim um ponto de cultura. Fazer a difusão cultural acontecer através dela. E queremos cada vez mais ser atrativos para a comunidade verense que passa aqui para conhecer a nossa biblioteca. No nosso espaço de informática estaremos realizando cursos de inclusão digital em parceria com o Senar-MT. E nossa biblioteca está aberta para os municípios, para os bibliotecários da região virem conhecer, para as escolas que já fazem um cronograma de visitação a este espaço desenvolvendo diversas atividades que já fazem parte da nossa rotina. Temos muitos projetos ainda para colocar em prática. E ficamos muito satisfeitos por entregar a biblioteca revitalizada e ganhar este destaque a nível de estado e a nível nacional sendo reconhecida pelo Conselho Regional de Biblioteconomia”, destacou Gomes.

A coordenadora expôs ainda que está muito orgulhosa do Município de Vera, estar trabalhando para se enquadrar aos padrões das bibliotecas. “E eu como representante do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de Mato Grosso e do Conselho Regional de biblioteconomia que representa toda a região centro oeste, estou bem empolgada, e com muito orgulho de saber que Vera está tentando se enquadrar nos padrões das Bibliotecas, como elas devem ser, de acordo com as normas e também com a questão da legislação. Então a gente fica muito feliz com esta atitude do gestor. Quero parabenizar toda sensibilização, todo trabalho, empenho que o Rodrigo Gomes de estar à frente da cultura de lutar, de ter participado de todas as capacitações que teve, de todos os nossos fóruns estaduais de bibliotecas. E nisso ele entendeu como funciona este equipamento, e a importância desse equipamento para a comunidade. E hoje Biblioteca de Vera é um espaço de referencia, em breve quero estar ai e conhecer este espaço”, concluiu  Waldineia Almeida.

COMENTARIOS